Delegacia reabre inquérito sobre abuso de adolescente

Divulgação
- PUBLICIDADE -

Angelica Brunatto/Lucas Lemos

Içara

- PUBLICIDADE -

 

O empresário, de 38 anos, que abusou de uma menina de 11 anos em Cocal do Sul foi reconhecido por uma vítima de 15 anos no Balneário Rincão e, ontem, por uma adolescente de 16 anos de Içara. Ela foi abusada sexualmente em setembro de 2015 e fotografada igualmente as demais. A equipe de investigação da Polícia Civil da cidade esteve na residência da garota para obter informações.

Mediante a confirmação de detalhes do autor do crime e do veículo dele, o inquérito fechado sem conclusões será reaberto.“A vítima reconheceu o autor por foto, o veículo e até a arma, uma pistola cromada, igual a apreendida na casa”, indica o investigador Ernani Bonfanti. A abordagem dela ocorreu por volta das 18 horas do dia 5 de setembro com um veículo preto de sinaleiras arredondadas, uma das características do Malibu. Após simular a necessidade de informação, ele puxou a arma, obrigou a jovem a entrar, foi até um estacionamento de uma casa noturna e abusou da jovem.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.