Condutor de Azera apresenta-se à Polícia Civil

Divulgação
- PUBLICIDADE -

Após o acidente que vitimou três pessoas na BR-101, na localidade de Vila Nova, em Içara, na noite de sábado, o condutor de um Hyundai Azera, com placas de Balneário Rincão, apresentou-se ontem na delegacia de Polícia Civil na companhia de um advogado. Conforme o delegado Ivaldo Gregório, o homem de 29 anos afirmou que ia a uma festa em Tubarão quando tentou fazer uma ultrapassagem. “Ele contou que trafegava entre 80 e 100 quilômetros por hora e que no momento em que faria a ultrapassagem, o carro da frente também trocou de pista, o que, segundo ele ocasionou a colisão”, pontua.

Em depoimento, ele afirmou estar sozinho no veículo e não ter bebido. Ainda ressaltou que após a colisão ficou em estado de choque e que deixou o veículo quando algumas pessoas afirmaram que o carro poderia pegar fogo. Ainda falou que testemunhas do acidente o ameaçavam e, por isso, deixou o local.

- PUBLICIDADE -

Mais pessoas deverão ser ouvidas, entre elas o ocupante do Corsa, com placas de Criciúma, que sobreviveu ao acidente. A Polícia Civil ainda aguarda o boletim de ocorrência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que deve ser encaminhado ainda nesta semana, para que possa dar continuidade às investigações. Ele deve ser indiciado pelos três homicídios culposos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.