Adolescente morre ao ser atropelada em Estação Cocal

- PUBLICIDADE -

A violência no trânsito, mais uma vez, deixa marcas irreparáveis. Em consequência da embriaguez ao volante, Patrícia da Silva Bitencourt, de 17 anos, foi vítima de um atropelamento, registrado no início da noite de sábado no distrito de Estação Cocal, em Morro da Fumaça. Junto à irmã, de 19 anos, e da avó, de 63 anos, elas caminhavam pelo acostamento da Rodovia Genésio Mazon quando foram surpreendidas pelo motorista de um Fiat Uno, com placas do município.

Em depoimento à Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Cocal do Sul, o homem, de 61 anos, relatou que a luz de um carro que passou pelo local ofuscou a visão, fazendo-o atingir as mulheres. Entretanto, o teste do bafômetro acusou a embriaguez e ele foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia de Urussanga.

- PUBLICIDADE -

Patrícia perdeu a vida ainda no local do acidente. A irmã foi encaminhada com traumatismo craniano e em estado grave ao Hospital São José, em Criciúma. Já a avó, foi encaminhada com fratura no punho ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, com ferimentos leves.

Embriaguez em Criciúma

Uma colisão, registrada na rua Desembargador Pedro Silva, no bairro Comerciário, em Criciúma, culminou na prisão de um homem de 34 anos. Ele conduzia um Sandero, durante a madrugada de ontem, e acabou batendo em um Fiat Strada, conduzido por um jovem de 21 anos. Conforme a Polícia Militar, o mais velho apresentava hálito forte e cambaleava ao caminhar. Como recusou o teste do bafômetro, foi encaminhado para a delegacia e a embriaguez confirmada pelo médico legista.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto
Em: Morro da Fumaça

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.