Técnicos do Governo do Estado trabalham para liberar corpos das vítimas do voo na Colômbia

O avião da FAB sairá de Manaus e vai trazer os corpos assim que forem liberados

- PUBLICIDADE -

Florianópolis

O governador Raimundo Colombo (PSD) informou que a Infraero está pronta para levar os familiares das vítimas do acidente aéreo ocorrido na madrugada desta terça-feira, 29, na Colômbia, a fim de começar a identificar os corpos dos brasileiros que morreram no desastre. Entre os mortos estão a delegação da Chapecoense – time do Oeste que iria disputar a primeira partida da Final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín e uma equipe de jornalistas brasileiros que iria cobrir a partida, entre outros passageiros. O jogo seria nesta quarta-feira, 30, em Medellín. Pelo menos 76 pessoas morreram.

- PUBLICIDADE -

Avião da FAB sairá de Manaus

Colombo deslocou-se no final da manhã para Chapecó para prestar solidariedade aos familiares das vítimas por meio de ações efetivas que agilizem os processos de reconhecimento e liberação dos corpos. “O avião da FAB sairá de Manaus e vai trazer os corpos assim que forem liberados. Também estão indo uma equipe técnica do Governo de Santa Catarina e alguns embaixadores para reforçar a equipe para fazer todo o trabalho com rapidez.

Diplomacia para facilitar o translado

O governador disse ainda que há um esforço concentrado para simplificar o processo de traslado dos corpos para Santa Catarina. “Conseguimos construir com a diplomacia brasileira uma forma de respeitar os trâmites legais e liberar os corpos com a maior brevidade possível. “Eu trago a solidariedade de todos os catarinenses e de pessoas de diversos lugares de nosso país. Desejo muita força e fé a todas as famílias. Estamos aqui também para ajudar a movimentar todos os mecanismos que são possíveis para a proteção e apoio. Cuidando de todos os detalhes para que possamos enfrentar essa situação juntos. Vamos trabalhar nisso. Agora é hora de mostrar nosso apoio por meio de ações de proteção”, disse o governador.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.