- PUBLICIDADE -

Marciano Bortolin

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O secretário de saúde de Criciúma, Vitor Benincá apresentou na tarde desta quinta-feira, 28, em entrevista coletiva, o plano de atendimento pediátrico. O novo método passará a ser aplicado a partir das 7h de domingo, 30.

Nesta quarta-feira, 27, encontro entre representantes da Administração Municipal e do Isev, administrador do Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC), definiu que a entidade ficará com as portas do Pronto Socorro fechadas até dezembro, funcionando apenas urgência, emergência e UTI. “Este plano foi elaborado em caráter emergencial, mas nos sentimos seguros em aplicar”, salienta o secretário.

Para os atendimentos, Benincá destaca as melhorias das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e conscientização da população de que, a partir de agora, o HMISC receberá somente pacientes referenciados. “Aqueles que tiver referência terão acesso livre. Os municípios também precisarão se adequar”, diz.

Segundo o secretário, 90% dos atendimentos são de baixa complexidade e que a decisão diminuirá o volume. “Agora estamos tomando esta atitude voltada para os atendimentos pediátricos, mas vejo como saída para outros hospitais como o São José”, completa.

A reportagem completa estará na edição do Diário de Notícias deste sábado, 29.

Saiba mais:

HMISC terá somente urgência e emergência até dezembro 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.