PM reforça segurança nos municípios  

Oficiais redobram atenção mesmo nos dias que antecedem o pleito

Foto: Camila Marini/Arquivo/DN
- PUBLICIDADE -

 

Marciano Bortolin

- PUBLICIDADE -

Criciúma

 

As ocorrências registradas nos dias que antecedem as eleições municipais, no próximo domingo, 2 de outubro coloca a Polícia Militar em alerta. Em algumas cidades a atenção já foi redobrada para evitar incidentes.

Somente nesta semana, diversas ações suspeitas foram denunciadas. Em Jacinto Machado, a casa do presidente de um partido foi alvejada por tiros por volta das 23h de quarta-feira. Já em Nova Veneza, o comitê de uma das siglas que concorre ao pleito teve um dos vidros quebrados por uma pedra.

Em Morro da Fumaça, algumas notícias de conflitos de cunho político tomaram conta das redes sociais, principalmente do Facebook. Entre elas, um candidato a vereador que registro Boletim de Ocorrência relatando que sofreu tentativa de homicídio. Já na noite de quarta-feira, houve a denúncia de rojões estourados na casa do filho do mesmo candidato. Porém o comandante do destacamento da Polícia Militar no município, Tiago Fabrício Jacoby revela que nem todas as denúncias chegaram a PM de forma oficial. “Muitas coisas ficamos sabendo através das redes sociais. Somente a denúncia de terça-feira chegou até de nós oficialmente”, comenta.

Reforço no efetivo

Jacoby salienta que a partir de ontem, Morro da Fumaça reforçou a segurança para evitar novas ocorrências. Segundo o comandante, todo o efetivo, que conta com 15 policiais está de sobreaviso. Já no sábado, véspera das eleições, e no domingo, dia do pleito, inclusive os oficiais que estarão de folga trabalharão. “Estamos recebendo apoio de Urussanga e também de Içara. Esta ajuda se fortalecerá ainda mais no final de semana.

Com duas viaturas, a Polícia Militar ainda faz constantes rondas por toda a cidade.

Atenção redobrada

Não é só Morro da Fumaça que ganha reforço no efetivo. O comandante da 6ª Região de Polícia Militar Coronel Cosme Manique Barreto garante que carreatas e comícios estão sendo acompanhados de perto, principalmente onde há maior incidência de crimes relacionados às eleições. “Os juízes das Zonas Eleitorais são acompanhados por um oficial, para que quando houver qualquer problema ser um elo com a Polícia Militar”, pontua.

Uma das maiores preocupações, segundo Manique Barreto, é com o fechamento das urnas e com as comemorações dos vencedores. “A eleição municipalizada nos preocupa muito. O quantitativo eleitoral é pequeno e a diferença de votos às vezes também é pequena. Há uma briga muito grande pelo eleitor. Isso pode gerar algum acirramento”, diz.

Para garantir a segurança e evitar conflitos, um esquema de segurança está sendo montado e as escalas sofrerão alterações. “Alguns municípios, por terem baixo efetivo terão constantes rondas nas proximidades dos locais de votação, principalmente com maior número de eleitores”, finaliza.

O Balneário Rincão é uma das cidades da região que receberá atenção especial por parte da PM.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.