Trabalhadores da Casa de Saúde do Rio Maina iniciam greve neste sábado

Funcionários da instituição esperaram até o quinto dia útil para o salário, que não saiu. (Foto: Morgana Réus de Souza/SindiSaúde/arquivo)
- PUBLICIDADE -

Bruna Borges

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Os 90 trabalhadores da Casa de Saúde do Rio Maina paralisam as atividades a partir das 6h deste sábado, dia 8, devido à falta de pagamento. O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde) deu prazo até a tarde desta sexta-feira para que o Instituto de Saúde e Educação Vida (Isev) depositasse os salários referentes a setembro.

Conforme o presidente do sindicato, Cleber Ricardo Cândido, a greve é por tempo indeterminado, até que os pagamentos sejam feitos.

No HRA, paralisação inicia segunda-feira

Havia também possibilidade de paralisação no Hospital Regional de Araranguá (HRA) a partir deste fim de semana, mas a administradora, a Sociedade Paulista Para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), pagou os salários nesta sexta-feira. Apesar disto, os trabalhadores já decidiram iniciar greve segunda-feira devido às incertezas quanto à transição da gestão do Governo do Estado para o Município de Araranguá.

Nesta quinta-feira, o Sindisaúde comunicou a decisão em reunião no auditório do hospital.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.