Professores fazem paralisação em Criciúma

- PUBLICIDADE -

Marciano Bortolin

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Os professores do Ensino Fundamental e Médio da Rede Municipal de Criciúma terão um dia de paralisação hoje. A motivação são os Projetos de Lei (PL), em tramitação no Governo Federal, entre eles, a PL 193/2016 que inclui entre as diretrizes e bases da educação nacional, “Programa Escola sem Partido”, além das mudanças no Ensino Médio anunciadas pelo presidente Michel Temer na última semana. A mobilização é organizada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Criciúma (Siserp).

Fora das salas de aula durante todo o dia, os trabalhadores participarão do debate “Pensando uma educação libertadora” com palestra com o professor paulista Salomão Barros Ximenes, no Centro de Eventos Germano Rigo. “Conversamos com a Secretaria de Educação que não se opôs a este dia de paralisação. Mas queremos deixar claro que as aulas serão repostas”, salienta a presidente do Siserp Jucélia Vargas.

Na parte da manhã, a palestra acontece das 8h às 11h30min, já à tarde, os debates começam às 13h, seguindo até as 16h30min. Além de toda a rede municipal de Criciúma, também devem participar professores de Siderópolis e Urussanga.

Carta aos candidatos

A partir das 16h30min, os representantes do Siserp farão a leitura de uma carta compromisso entregue aos candidatos a prefeito de Criciúma que contém as reivindicações dos trabalhadores. “No documento incluímos os compromissos que queremos que eles assumam com os trabalhadores. A carta foi entregue a todos e esperamos que eles participem”, fala Jucélia.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.