Primavera e Paz: Marco Oliva é um dos expositores

- PUBLICIDADE -

Aos três anos de idade ele já cantava e adorava tudo que envolvia a arte. Esse amor cresceu e transformou Marco Oliva em um artista. Músico, poeta, ator, artesão, ceramista, professor e tantas linguagens, todas ligadas por um grande sorriso. Oliva é um dos expositores do Primavera e Paz: 18ª Mostra de Orquídeas. Oficinas, exposições, palestras e apresentações culturais compõem a programação do evento que segue até sexta-feira, 23, no Espaço Toque de Arte da Unesc.

Levar a cultura para o próximo é o que Oliva faz em seu dia a dia. Junto a Ponto de Cultura, uma Associação Cultural Sem Fins Lucrativos de Florianópolis criada por ele com este propósito, o artista desenvolve projetos, oficinas e exposições que aproximam a comunidade da arte e da cultura.

- PUBLICIDADE -

Segundo o artista, não é a falta de interesse pela cultura que atinge a população, mas sim a falta de acesso.  “É preciso criar a oportunidade para disseminar a tradição do próprio povo, democratizando a cultura e fortalecendo a identidade da comunidade. É o artista fazendo arte para o próximo, e quando eu digo próximo falo sobre aquele cara que você cumprimenta na padaria, o seu vizinho e assim por diante”, ressaltou Oliva.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.