Nos 20 anos, Criciúma Shopping homenageia parceiros

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Proprietários, lojistas e colaboradores que ajudaram a construir a história do Criciúma Shopping (CS) foram homenageados nesta sexta-feira, dia 28, durante jantar em comemoração aos 20 anos do empreendimento.

- PUBLICIDADE -

O evento, realizado no Centro de Eventos Germano Rigo, contou ainda com a presença de autoridades, imprensa, prestadores de serviços e parceiros do shopping.

Em seu discurso, o superintendente do CS, Jackson Roxo, relembrou que o empreendimento foi responsável direto pelo desenvolvimento do bairro Próspera, a partir de 1996, e que sua atual revitalização e modernização continuam a trazer benefícios para a cidade. “Que usemos toda a experiência passada como lições aprendidas e que elas sirvam de apoio para traçarmos os rumos do futuro. Futuro esse que não se apega ao passado, mas que depende da revitalização e evolução constante”, afirmou.

Outro momento de grande emoção foi a homenagem in memorian prestada à ex-gerente financeira Soraia Pereira Tavares, falecida em agosto de 2015, após 16 anos de serviços prestados. O troféu Criciúma Shopping 20 anos foi entregue ao esposo Osvaldo Cardoso do Canto e ao filho João Gabriel Tavares do Canto. Foram homenageados ainda os colaboradores mais antigos, Anilton da Silva Anselmo e Ari Rodrigues, do setor de manutenção. Ambos receberam troféu e um vale viagem no valor de R$ 1 mil.

Confira outros homenageados da noite:

José Henrique Mezzari (in memorian – proprietário mais antigo);

Claúdia Mezzari (proprietária mais antiga);

Dejair Nascimento (Pizzas Guinari – proprietário mais antigo);

Izaura Pelegrin (proprietária mais antiga);

Jackson Roxo (superintendente).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Jéssica Pereira
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.