Na Alemanha, estudante da Unesc pesquisa sobre energia limpa

- PUBLICIDADE -

A afinidade com o mundo das ciências exatas sempre esteve presente na vida da estudante Renata Vitório. A escolha pela Engenharia Química se deu por isso e pelas oportunidades diversas que a área pode trazer. Dentro desta certeza, a aluna da Unesc já caminhava em direção ao intercâmbio. Foi quando uma oportunidade apareceu. Hoje, Renata está na Alemanha, desenvolvendo uma pesquisa em geração de energia limpa.

É no Instituto de Química da Universidade de Oldenburg que Renata está fazendo estágio. A pesquisa compõe o Trabalho de Conclusão de Curso da aluna, que é orientada pelo professor da Unesc Michael Peterson e pelo professor alemão Michael Wark.

- PUBLICIDADE -

“Nós estamos transformando biomassa, por exemplo, resíduos de indústria agrícola, em um biocarvão. O processo ainda está em fase de pesquisa, mas ele traz um menor gasto energético. Os produtos do processo têm diversas aplicações energéticas e ambientais”, comentou a aluna.

Alemanha é referência mundial na área

Renata conta que na Alemanha foi estabelecida uma meta de geração de energia limpa. “O país é referência mundial na questão da energia renovável, se comprometendo em acabar com as usinas nucleares até 2022. A ideia é de ter apenas energia sustentável até 2050, então todos estão muito comprometidos para conseguir alcançar esse objetivo”, comentou a estudante.

A aluna comentou que pretende trazer a pesquisa para o Brasil. Segundo ela, a oportunidade de trabalhar com o intuito de melhorar a vida no planeta é enriquecedora, tanto profissional quanto pessoalmente.  “Desenvolver uma pesquisa que possa contribuir para minimizar a exploração de recursos naturais não renováveis é uma grande conquista. Quero dar continuidade ao meu projeto no Brasil, levando minha pesquisa para o meu país. ”, ressaltou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.