- PUBLICIDADE -

Partida contra o Sampaio Corrêa pode colocar o Criciúma novamente entre os quatro primeiros da Série B. Diretoria do clube espera grande público para apoiar o time, hoje à noite, no Majestoso

 

- PUBLICIDADE -

Após bater o Oeste e o Brasil de Pelotas, na semana passada, o Tigre quer conquistar a terceira vitória seguida na Série B do Brasileiro, manter a boa fase e tentar entrar novamente no G4 da Série B. Para isso, a equipe não pensa em outro resultado além da vitória, hoje, às 19h15, contra o Sampaio Corrêa – lanterna da competição. Entretanto, o meia Douglas Dodi não acredita que a partida será fácil. “Todos os jogos são difíceis. Eles querem subir na tabela para mostrar serviço e vão vir para ganhar o jogo. Não tem jogo fácil, trabalhamos bastante a semana para colocar em prática e sair com a vitória. Estamos encarando cada jogo com uma final”, disse o jogador.

A partida terá uma grande presença de torcedores – com a possibilidade de ser o maior público do Criciúma na Série B. A diretoria tricolor espera entre oito e dez mil torcedores presentes no Heriberto Hülse. A promoção que possibilita a compra de até três ingressos por torcedor, a dez reais a unidade, mediante a doação de algum resíduo reciclável, gerou a venda de aproximadamente dois mil ingressos até a noite de ontem. Os sócios do Criciúma em dia também poderão levar um acompanhante de forma gratuita. Assim, a expectativa é de arquibancadas cheias. “É muito bom jogar com a casa cheia e voltar a dar alegria para o nosso torcedor que merece. Teve alguns jogos que eles saíram chateados – com todo direito – acho que a equipe vai embalar, ter uma sequência boa, para dar alegrias a eles de volta”, enfatizou o meia tricolor.

A única dúvida no time que começa o jogo é no gol tricolor. Edson treinou ontem, durante o último trabalho da equipe, no Majestoso e deve ir para o jogo. Porém, ele ainda será avaliado momentos antes do jogo. Caso seja vetado pelo departamento médico, Ronaldo Zilio será o titular. Para o lateral Paulo Cezar Magalhães, não fará diferença qual dos goleiros irá à campo. “A verdade é que quem está fora treina igual ou melhor quem está jogando. Isso ficou claro no jogo contra o Brasil de Pelotas e contra o Oeste com a situação do Valdívia – que entrou muito bem, substituiu bem ao Alex e a equipe seguiu igual. Todos estão com vontade de atuar e ajudar a equipe”, explicou o jogador.

O esquema com três volantes, que vem dando certo, será mantido e deixa o meia Douglas Dodi satisfeito. “É um esquema que eu gostei muito porque o Felipe e o Barreto tem características mais de marcação e assim eu posso sair mais para o jogo, mas eu ajudo a marcar também. Eu gostei muito porque eu tenho mais liberdade para chegar na frente também”, destacou. O jogador, inclusive, vem tentando surpreender os adversários com chutes de longa distância. A nova arma será utilizada com mais frequência. “Tô treinando bastante. Depois dos treinos sempre falo com os goleiros para arriscar de longe e to tentando fazer esses chutes de fora para quem sabe fazer alguns gols”, enfatizou Dodi.

Treino Tigre - Camila Marini (5) - pag 24 e 25-min

A atividade de ontem à tarde, no Majestoso, teve treinos específicos de bolas paradas e chutes a gol. O encerramento aconteceu com o tradicional “rachão” – onde os jogadores atuam em posições diferentes das normais e em clima descontraído. “A gente estava precisando de dois jogos com vitórias. Conseguimos fazer o trabalho que todos nós esperávamos para ficar perto do G4 – que é o que nós queremos. Isso é muito importante e agora estamos totalmente focados no jogo contra o Sampaio que para nós é o mais importante agora”, reforçou o lateral Paulo Cezar.

O jogador acredita que está conseguindo melhorar o desempenho com o passar dos jogos e o aumento da adaptação com os companheiros. “Com o tratamento que recebi dos meus companheiros, estou me sentindo cada vez melhor e estou me soltando. Na verdade, para mim foi muito importante ser bem recebido por eles”, disse Paulo. O atleta também disse que está aprimorando as idas ao ataque. “O treinador falou que a equipe precisava de segurança defensiva porque estávamos levando muitos gols. Agora, o time está mais sólido e à medida que passam os jogos eu me solto mais e espero poder ajudar a equipe da melhor forma”, finalizou.

Campeonato Brasileiro – Série B – 27ª Rodada

19h15 – 23/09 – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Edson (Ronaldo Zilio); Paulo Cezar Magalhães, Raphael Silva, Diego Giaretta e Niltinho; Barreto, Felipe Guedes, Douglas Dodi e Caíque Valdívia; Roberto e Jheimy. Técnico: Roberto Cavalo

SAMPAIO CORRÊA

Rodrigo Ramos; Eder Sciola, Luiz Otávio (Mimica), Wagner Fogolari e Heverton; Diogo Orlando, Carlos Copetti, Gustavo Marmentini e Renan Luís (Lucas Sotero ou Edgar); Pimentinha e Thiago Santos; Técnico: Flávio Araújo

Arbitragem: Thiago de Alencar Gonzaga. Auxiliares: Daiane Caroline Muniz dos Santos e Leandro dos Santos Ruberdo (trio do MS)

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Tiago Monte

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.