Marlon pode ficar na reserva

- PUBLICIDADE -

Após cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, contra o Oeste, Marlon ficará à disposição do técnico Roberto Cavalo para o confronto de amanhã em Pelotas-RS, às 19h15, frente ao Brasil – terceiro colocado da Série B com 40 pontos. Porém, com a boa atuação de Niltinho na goleada de terça-feira, o retorno do jogador da seleção brasileira ao time titular não é garantido.

O único treino antes do confronto contra os gaúchos acontecerá hoje pela manhã, onde deve acontecer o encaminhamento do time titular. A viagem para o Sul do estado vizinho acontece no início da tarde de hoje. Um desfalque é garantido: Douglas Dodi levou cartão contra os paulistas e está suspenso. Assim, o treinador tricolor não poderá contar com um dos jogadores mais regulares do elenco e destaque nos últimos jogos. Clayton e Juninho, em fase final de preparação física após lesões, podem integrar a delegação. Na partida contra o Avaí, Clayton foi vetado com dores no músculo posterior da coxa esquerda. Juninho, por sua vez, está longe dos gramados desde a partida contra o Náutico, na abertura do returno.

- PUBLICIDADE -

Ontem, o clima estava mais leve no Centro deTreinamento do clube. Os jogadores estavam mais descontraídos após a boa atuação nos 4 a 0 de terça-feira. Os atletas foram separados em dois grupos para a realização de atividades específicas. Quem atuou por mais tempo na última partida fez um trabalho regenerativo na academia. O restante alternou em trabalhos físicos e técnicos no gramado.

A equipe subiu duas posições e está na décima colocação da tabela com 34 pontos – a quatro da zona de classificação para a Série A do Brasileiro. O Diretor de Futebol  Paulo Pelaipe reforça a luta do Criciúma para subir e não evitar o rebaixamento. “Estamos olhando para cima, estamos a quatro pontos do G-4. Eu sempre olhei para cima e para frente na minha vida e vamos seguir. Acreditamos nos jogadores, temos um grupo coeso. E os torcedores, entendemos, eles têm a paixão, o amor, mas que incentive. O torcedor é fundamental na equipe e uma meia dúzia não é a torcida do Criciúma, vaiar, agredir com palavras, isso não ajuda”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Tiago Monte

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.