- PUBLICIDADE -

Os lutadores Kiko Vidoto e Patrique Bressan tiveram bons desempenhos em combates disputados na terceira edição do Blasius Combat – realizado em São Ludgero. Ambos superaram os adversários por nocaute.

No muay thai profissional, Kiko, que representa a academia Kiko Team, de Cocal do Sul, passou por Cristiano Zanchettin, de Chapecó. O nocaute aconteceu no início do terceiro e último round. O golpe, chamado de “Chute Rodado” deverá participar do Prêmio Paquetá, que homenageia os melhores no mundo das lutas. Os dois primeiros rounds foram muito disputados com uma ligeira vantagem ao atleta de Chapecó. “Foi muita emoção. Coisa de Deus mesmo. Perdi o primeiro round e o segundo acho que empatei, mas no último consegui acertar esse chute que é dificílimo, mas deu certo”, disse Kiko.

- PUBLICIDADE -

O atleta competiu na categoria Meio Pesado – até 75 quilos – e teve a preparação feita em dez semanas pelo irmão, preparador e técnico Alisson Vidoto. “Fazia um ano que eu não lutava então tive que me preparar mais que o normal. Já tenho 33 anos e meu oponente apenas 25. É uma diferença de oito anos que pesa muito”, brinca. Kiko explica que não tem ainda uma nova luta marcada. Vai aproveitar para descansar e curtir a família. “Eu lutei, mas por trás de mim existe toda uma equipe que luta comigo. Gente que confia no nosso trabalho e nos dá força pra fazer sempre o melhor. Agradeço de coração a toda a Família Kiko Team, ao Dr. Carlos e Dra. Alice da Vitaser Pilates, ao Dr. Daniel Bonetti da Andros Policlínica, à minha esposa Daiane, ao meu irmão Alisson e a toda a torcida sulcocalense”, agradece.

Cinturão mantido nas artes marciais mistas

Após um período de treinos forte nos Estados Unidos, e participação nas maiores competições de Jiu-jitsu do mundo: o mundial, em Las Vegas, e o Grand Slam, em Los Angeles, o criciumense Patrique Bressan manteve o cinturão de campeão do Blasius Combat – na categoria até 70 quilos. A luta terminou aos três minutos do primeiro round com um mata leão aplicado pelo faixa preta da Rilion Gracie e representante da Team Bressan.

patrique2 - foto divulgação - pag 22Com mais esta vitória, Patrique chega a um cartel de nove vitórias e nenhuma derrota no MMA profissional. A Team Bressan marcou participação no evento levando cinco atletas: Patrique Bressan, Jucie de Mello, Juliano de Mello, Mateus Uggioni e João Vitor Mastella.

Jucie também lutou no muay thai profissional e venceu – apesar de ter subido de categoria para poder participar do evento.  Juliano nocauteou o adversário e saiu vitorioso, enquanto os atletas Mateus Uggioni e João Vitor Mastella  foram derrotados.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Tiago Monte

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.