Kathiê mira as próximas Olimpíadas

- PUBLICIDADE -

Recém-chegada das disputas em Azerbaijão, válidas pelas Olimpíadas de xadrez, a içarense Kathiê Goulart Librelato já mira os próximos Jogos, que serão disputados em 2018.“A gente vai tentar manter a vaga para as disputas na Georgia, então, no próximo ano e principalmente em 2018, quero jogar o máximo possível de Abertos do Brasil para poder manter a vaga. O sistema de escolha ainda não foi definido, mas deve se manter o mesmo”, disse a jogadora.

A experiência adquirida nos confrontos disputados em Baku agregaram ao jogo da enxadrista. “Foi uma oportunidade única e certamente é um momento inesquecível na minha carreira. Eu adquiri uma experiência incrível convivendo com os melhores do mundo, assistindo aos melhores do mundo jogando e atuando também contra os melhores. Então, eu acho que agregou muito para o meu jogo e evolui muito tecnicamente também”, destacou Kathiê.

- PUBLICIDADE -

Ela acredita que os oito jogos disputados na competição foram de alto nível. “Embora eu tenha achado que meu resultado pudesse ter sido melhor, porque dois jogos em que eu estava muito bem acabei perdendo, acho que foi bem nivelado. Não teve uma partida específica, acho que todas foram em um alto npível e agreguei algo para o meu xadrez”, enfatizou a jogadora.

Para o técnico de Kathiê, Claudionor Pirola, a estreia da jogadora em Olimpíadas foi positiva, mas poderia ter sido ainda melhor. “Ela foi a terceira maior pontuadora da equipe. Mas avaliando as partidas e pelo que eu conheço da Kathiê, ela poderia ter ido melhor sim. Isso também é um bom sinal: ela tem campo para avançar, tem formas de melhorar e ter um padrão de jogo mais estável, principalmente ao controle de tempo e confiança durante a partida. Foi bom, mas a sensação é de que é possível ir até melhor”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Tiago Monte

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.