- PUBLICIDADE -

Há exatos 20 anos, um grupo de ex-atletas fundou a Criciúma Associação de Voleibol (Cravo). De lá pra cá, a equipe conquistou títulos regionais, estaduais, nacionais e internacionais: tetracampeão brasileiro, com títulos conquistados em Saquarema-RJ, Santos-SP, e Porto Alegre-RS. Campeão Sul-Americano em Pelotas-RS, 18 conquistas estaduais e cinco copas sul brasileira.

 

- PUBLICIDADE -

Além disso, os jogadores da Cravo participaram no mundial master em Turim, na Itália. “Com certeza temos muito para comemorar: atletas, familiares, torcedores, patrocinadores, admiradores e com certeza todo cidadão criciumense deve ter orgulho de contar na cidade, com uma associação de voleibol master que está divulgando o nome de Criciúma por todo estado, Brasil e no exterior”, diz Geraldo Goes, integrante da Cravo.

A associação também fez algumas parcerias vitoriosas com a Sogipa, de Porto Alegre, Circulo Militar, de Curitiba e Manerriege de Joinville – o maior parceiro no vôlei master. “Alguns atletas e parceiros merecem destaque nestes 20 anos: Bira, Piranha, Luciano Gaúcho, Gringo, Clévis, Charles, Geraldo, Zaroni, Vagner, Pascoal, Fandango, Simioni, Henrique, Rogério, Waldir, Deni, Beto, Moacir, Joceli, Marcelo, Edu, Dante, Sasso, Lairton, Pedro, Betô, Jeferson, Amandos e Eli”, parabenizou Goes.

No último final de semana, em Florianópolis, a Cravo conquistou, pelo sétimo ano consecutivo, o título de campeão catarinense geral de vôlei master. A equipe venceu, de forma invicta, as disputas nas categorias 45 e 50 anos, foi vice-campeã entre atletas de 40 a 44 anos e ficou com o quarto lugar entre os times de 35 a 39 anos. Na classificação geral, a Cravo conquistou 30 pontos e garantiu o título.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.