- PUBLICIDADE -

Medellín/Colômbia

 O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira, dia 29. O prefeito Frederico Gutierrez disse que o acidente matou ao menos 25 pessoas. Os goleiros Danilo e Follmann, lateral Alan Ruschel, o jornalista Rafael Henzel Valmorbida e um assistente de preparação física estão entre os sobreviventes confirmados. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

- PUBLICIDADE -

O presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Filho e o mandatário Sandro Pallaoro também estavam no vôo e ainda não há informações sobre o estado deles.

Chape Avião - foto reproduçãoA Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) já informou que cancelou a primeiro jogo da decisão, marcado para esta quarta.

A Chapecoense se manifestou pela primeira vez em suas redes sociais para falar do acidente aéreo que envolveu a delegação do clube na Colômbia, onde enfrentaria nesta quarta-feira o Atlético Nacional pela primeira partida da final da Copa Sul-Americana. Como ainda não há informações precisas, o vice-presidente Ivan Tozzo revelou que o clube catarinense só pronunciará de forma oficial depois que autoridades aéreas colombianas derem suas impressões sobre a tragédia.

Confira o trecho:

“Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação.” .

chape - reprodução

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.