Vitrine de empregos abre as portas ao mercado de trabalho

- PUBLICIDADE -

Jéssica Pereira

Foto: Jéssica Pereira

- PUBLICIDADE -

Foi a oportunidade de entrar em contato com empresas que estão selecionando candidatos para uma vaga de emprego que fez com que o jovem Guilherme Meira Anselmo, de 16 anos, participasse na manhã de sábado da segunda edição da “Vitrine de Empregos Senac”. No evento, 30 empresas colocaram mais de 300 vagas à disposição dos interessados. “Estou em busca de uma vaga de estágio ou vaga como menor aprendiz. Vai ser minha primeira oportunidade e a chance de começar a conseguir alguma experiência profissional”, explica o jovem.

Foram ofertadas oportunidades em todos os níveis de qualificação. “Colocamos esta proposta diferente em prática no ano passado e resolvemos abrir para a comunidade como uma forma de auxiliar na contratação. O Senac tem como uma das missões a de ligar as pessoas as empresas e esta é a proposta da Vitrine de empregos que já tem a terceira edição garantida para março de 2017”, explica o diretor do Senac, Alexandre Bevilacqua Meneguetti. “O mais importante é que as pessoas que na edição deste ano não se sentiram preparadas poderão buscar qualificação para que no próximo ano estejam aptas a buscar as vagas”, complementa o coordenador do Senac, Aislan Hainzenreder.

 

Conhecimento dos candidatos

Para as empresas também é uma oportunidade de oportunizar as vagas e conhecer ainda mais os candidatos. “As pessoas que vem até aqui realmente estão à procura de trabalho. Esta é uma grande oportunidade para divulgar o que a empresa oferece e mostrar que, mesmo com a crise, ainda há contratação”, explica a analista de RH da Betha Sistemas, Aghines Anita Wiggers.

Ao todo, nesta edição, segundo os dados do Senac, participaram 837 candidatos que se candidataram as 300 vagas disponíveis.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.