AgroPonte 2017 começa a ser planejada

A data da realização está confirmada para os dias 16 a 20 de agosto, no Centro de Eventos José Ijair Conti, em Criciúma

Foto: divulgação
- PUBLICIDADE -

A AgroPonte – 7ª Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar, 5ª Feira e Exposição Estadual de Animais e 2º Leilão AgroPonte já está sendo organizada e apresentará algumas mudanças em 2017. A data de sua realização está confirmada para os dias 16 a 20 de agosto, no Centro de Eventos José Ijair Conti, em Criciúma.

Entre os diferenciais está a utilização de uma área específica para a exposição de equipamentos voltados para a agricultura familiar. “Na edição deste ano, já contamos com esse tipo de equipamento, mas queremos ampliar e destinar uma área específica para melhor identificação, já que este é o tipo de ferramenta mais utilizado nas propriedades de pequeno porte como as da nossa região”, coloca o diretor da NossaCasa Feiras e Eventos e organizador da AgroPonte, Willi Backes.

- PUBLICIDADE -

Também está se buscando para a edição de 2017 o envolvimento dos municípios na parte cultural com apresentações que resgatam as tradições das comunidades do interior da região. Um torneio de mora já está sendo pensado. A ideia é não utilizar um espaço fixo, mas permitir essas apresentações no local destinado para as cooperativas e associações familiares.

A ampliação e fortalecimento de alguns setores também estão nos planos dos organizadores. “Queremos ampliar a programação de palestras técnicas e trabalhar com mais intensidade a pecuária, a piscicultura e também a apicultura com as abelhas sem ferrão”, destaca Backes. A Epagri já adiantou que prepara um seminário sobre produção orgânica vegetal e animal.

O 2º Leilão AgroPonte também deve passar por algumas adaptações. “A nossa ideia é fazer um grande congraçamento entre produtores e potenciais compradores para que eles possam negociar entre si e avaliar os animais durante os dias de AgroPonte”, define o diretor da NossaCasa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Jéssica Pereira
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.